UOL Notícias Notícias
 

13/03/2010 - 16h48

Piñera anuncia medidas para reconstrução e quer resultados em 60 dias

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 13 MAR (ANSA) - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou hoje em Talcahuano, uma das cidades mais prejudicadas pelo terremoto de duas semanas atrás, dois projetos de lei para reconstruir a área, que fica na região de Bío Bío.

Trata-se de uma lei de emergência para usar todos os recursos possíveis e outra que prevê uma "reformulação muito profunda no orçamento de 2010".

Piñera admitiu que se trata de um trabalho "grandioso e urgente", que terá como prioridade restabelecer o abastecimento de água potável e reativar a atividade econômica, além de desenvolver soluções habitacionais e no âmbito estudantil, já que muitos alunos seguem sem aulas porque suas escolas foram danificadas.

"Vamos colocar sobre nossos ombros este enorme desafio de reconstruir o país, e sei que isso vai exigir o apoio de todos", disse o chefe de Estado.

No dia 27 de fevereiro, um terremoto de 8,8 graus na escala Richter atingiu especialmente o centro-sul do Chile e causou cerca de 500 mortes. Ontem, Piñera afirmou que os prejuízos patrimoniais podem ser de US$ 30 bilhões. Além disso, ondas gigantes geradas pelo abalo deixaram muita destruição no litoral.

Com essas medidas, o novo presidente, que tomou posse na quinta-feira, afirmou que espera ter "resultados visíveis" dentro de 60 dias.

O plano inclui soluções emergenciais para hospitais e escolas que tiveram suas estruturas gravemente danificadas e a restauração de estradas, portos e aeroportos, entre outras iniciativas.

O objetivo é financiar essas ações com um fundo composto por recursos da economia gerada a partir da redução do gasto público, com os excedentes do cobre e a partir de créditos obtidos no exterior ou eventuais doações do meio empresarial.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,05
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host