UOL Notícias Notícias
 

14/03/2010 - 17h06

Piñera começa mandato com 61,7% de aprovação, segundo pesquisa

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 14 MAR (ANSA) - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, que tomou posse na última quinta-feira, sustenta uma aprovação de 61,7%, de acordo com uma pesquisa feita com moradores da região de Santiago pelo jornal El Mercurio e pela empresa de consultoria Opina.

O levantamento, que consultou 400 pessoas, indica ainda que 47,1% creem que o novo mandatário terá no governo um desempenho melhor que o de sua antecessora, Michelle Bachelet, que deixou o cargo com 84% de aprovação, o que a coloca entre os políticos mais populares da história chilena.

Outros 26,3% acham que Piñera se sairá tão bem quanto ela e 14% esperam uma administração pior que a anterior.

Hoje pela manhã, o presidente deu continuidade em Talca, cidade que fica na região de Maule, à série de visitas que tem feito às zonas mais afetadas pelo terremoto do dia 27.

Ontem à noite, ele anunciou que designará um delegado presidencial para comandar os trabalhos de reconstrução das áreas devastadas.

Durante a madrugada, novas réplicas do primeiro tremor, de 8,8 graus na escala Richter, continuaram a ser sentidas. Já são centenas desde o dia 27.

Somente nesse sábado, 11 réplicas foram registradas no centro-sul do país. A mais intensa delas alcançou 5,7 graus e teve epicentro na região de Bío Bío.

O terremoto principal causou cerca de 500 mortes e prejuízos materiais estimados em US$ 30 bilhões, segundo projeções do governo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host