UOL Notícias Notícias
 

25/03/2010 - 10h43

Corte de Haia anunciará dia 20 sentença sobre fábrica de pasta de celulose no Uruguai

ANSA
MONTEVIDÉU, 25 MAR (ANSA) - A Corte Internacional de Justiça, em Haia, deve anunciar no próximo dia 20 sua decisão a respeito do processo apresentado pela Argentina contra a instalação de uma fábrica de pasta de celulose na fronteira com o Uruguai.

Citando fontes diplomáticas, o canal Telemundo informou que o tribunal contemplará os argumentos de ambos países e possivelmente dará razão à Argentina no âmbito do descumprimento de um acordo bilateral. No entanto, a corte negaria o fato de que a empresa polui o local onde opera, como defende Buenos Aires.

A fábrica de pasta de celulose, que pertencia à empresa finlandesa Botnia e recentemente foi comprada pelo grupo UPM, fica na localidade uruguaia de Fray Bentos, próximo ao Rio Uruguai, e opera desde 2007.

A Argentina argumenta que o governo do país vizinho autorizou a construção da indústria sem consultá-la, violando assim o tratado binacional que rege a administração do rio -- o qual delimita a fronteira entre as duas nações.

Além disso, alguns ambientalistas argentinos defendem que a empresa polui o Rio Uruguai e pedem a finalização de suas operações.

Como forma de protesto, eles bloqueiam há mais de três anos uma série de pontes que interligam os países, como a General San Martín. No entanto, Buenos Aires já realizou inspeções ambientais e não detectou danos à natureza.

O julgamento na Corte de Haia demandou dez audiências, nas quais ambas as partes expuseram seus argumentos. O caso provocou uma das piores crises diplomáticas entre ambos países nas últimas décadas.

Nestes quase três anos de funcionamento, a fábrica produziu cerca de dois milhões de toneladas de pasta de celulose.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h40

    -1,34
    3,138
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h44

    0,72
    70.517,46
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host