UOL Notícias Notícias
 

27/03/2010 - 19h11

Equatoriana é indicada para cargo de secretária de convenção da ONU sobre clima

ANSA
QUITO, 27 MAR (ANSA) - A ministra de Coordenação de Patrimônio do Equador, María Fernanda Espinosa, foi indicada como secretária-executiva da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima.

O anúncio foi feito pelo vice-presidente Lenín Moreno em um informe semanal do Executivo equatoriano.

Espinosa agradeceu o apoio à oferta e assegurou que este convite demonstra o compromisso do governo do país sul-americano na defesa do meio ambiente.

"É uma grande responsabilidade porque é o organismo mais importante a nível mundial, que regulará e estabelecerá mecanismos para combater os efeitos das mudanças climáticas", apontou a ministra.

Atualmente, a funcionária do governo é uma das líderes do projeto ecológico Yasuní-ITT. A iniciativa prevê que não sejam extraídos 846 milhões de barris de petróleo do campo Ishpingo-Tambococha-Tiputini, localizado sob o Parque Nacional Yasuní.

Em troca da preservação das reservas, o Equador receberia uma compensação financeira internacional de ao menos 50% do valor que lucraria com a exploração. A medida é uma contribuição do país para frear a crise ambiental.

Espinosa também foi a primeira chanceler do governo do atual presidente, Rafael Correa, iniciado em 2007, e já representou o país perante a Organização das Nações Unidas (ONU).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host