UOL Notícias Notícias
 

27/03/2010 - 16h19

Padre francês é investigado por denúncia de pedofilia

ANSA
PARIS, 27 MAR (ANSA) - O pároco do vilarejo de Marcilly-le-Hayer, localizado no nordeste da França, é investigado desde a quarta-feira por "violência sexual e detenção de imagens de pornografia infantil".

A denúncia foi feita por um jovem, atualmente maior de idade, conforme informaram fontes próximas ao inquérito. Detido pela polícia, o religioso está há dois dias em liberdade vigiada e não pode entrar em contato com menores de idade.

De acordo com a imprensa local, no computador do religioso-- chamado Jacques Breton -- foram encontradas "foto recordações de momentos passados na companhia de adolescentes", "imagens de caráter pornográfico infantil, nas quais as crianças aparecem nuas".

À polícia, o padre admitiu ter tirado as fotos, mas negou qualquer envolvimento com o rapaz que o denunciou, supostamente uma vítima de seus abusos.

"Esperamos conhecer a verdade dos fatos", comentou o bispo da capital da região, Troyes, Marc Stenger, que afastou o sacerdote de suas funções em Marcilly-le-Hayer durante as investigações.

As denúncias da França se somam a recentes episódios de pedofilia que envolvem membros da Igreja Católica e foram denunciados em países como Alemanha, Irlanda, Estados Unidos, Espanha, Itália, Brasil, Áustria, Holanda, Canadá e México.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host