UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 18h07

Autoridades encontram quatro cabeças no sudoeste do México

ANSA
CIDADE DO MÉXICO, 31 MAR (ANSA) - Quatro cabeças humanas foram encontradas hoje perto de um monumento dedicado ao ex-presidente mexicano Lázaro Cárdenas no município de Apatzingán, no estado de Michoacán, sudoeste do país.

De acordo com a Procuradoria, as cabeças -- que tinham os olhos vendados -- foram deixadas enfileiradas aos pés da estátua e pertenceriam a quatro homens, com idades entre 25 e 30 anos.

Também foi encontrada no local uma mensagem de advertência de um grupo criminoso, mas o seu conteúdo não foi revelado. Ainda não se sabe as identidades das novas vítimas, com as quais sobe a 16 o número de decapitados em Apatzingán desde o início do ano.

Localizado no sul mexicano, Michoacán é um dos estados mais perigosos do país, com grande presença do narcotráfico e considerado um reduto da organização La Familia.

A crescente onda de violência no México tem causado um alto número de vítimas. Nos três primeiros meses de 2010 já foram registradas mais de 2.400 mortes, segundo a imprensa local.

Em decorrência disso, os programas do presidente Felipe Calderón para reverter tal situação, implementados em 2006, têm sido duramente criticados. Para combater o narcotráfico que, segundo o Executivo, seria o responsável pela maioria das mortes, o mandatário militarizou grande parte do país com cerca de 50.000 efetivos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host