UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 17h10

Carta de Saney em homenagem a Alfonsín é lida na Argentina

ANSA
BUENOS AIRES, 31 MAR (ANSA) - Uma carta do presidente do Senado, José Sarney, foi lida hoje em Buenos Aires durante uma cerimônia em ocasião do aniversário de um ano da morte do ex-presidente argentino Raúl Alfonsín, que governou o seu país de 1983-1989.

No documento, Sarney, que foi presidente do Brasil entre 1985 e 1990, destacou que Alfonsín foi "um amigo" que deu "passos decisivos e curou as feridas que dividiam seu país".

O ato em homenagem ao ex-mandatário contou com a presença de seu filho, o deputado federal Ricardo Alfonsín, do vice-presidente argentino, Julio Cobos, e do presidente da União Cívica Radical (UCR), Ernesto Sanz.

Durante a solenidade, realizada em frente ao mausoléu onde Alfonsín está enterrado, Ricardo relembrou a luta de seu pai na defesa dos direitos humanos. Já o vice-presidente recordou os "dois sonhos [de Alfonsín, ndr.]: o da união de seu partido e o da união nacional".

Vítima de uma pneumonia agravada por um câncer no pulmão, o ex-mandatário morreu em 31 de março de 2009 aos 82 anos. Ele foi o primeiro presidente eleito democraticamente após o regime militar argentino (1976 e 1983).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host