UOL Notícias Notícias
 

08/04/2010 - 11h33

Ao chegar a Buenos Aires, Piñera agradece ajuda da Argentina após terremoto

ANSA
BUENOS AIRES, 8 ABR (ANSA) - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, agradeceu à Argentina pelas contribuições recebidas após o tremor de 27 de fevereiro, ao chegar na manhã de hoje a Buenos Aires, onde se reúne com sua homóloga Cristina Kirchner.

O mandatário afirmou que pretende falar ao povo e ao governo do país de sua "mais profunda gratidão pela ajuda, a solidariedade imediata e sincera".

"A Argentina nos prestou ajuda frente a tragédia e a adversidade que significou o terremoto e o maremoto", apontou ele, lembrando o abalo de 8,8 graus na escala Richter que atingiu o centro-sul do Chile matando mais de 400 pessoas e causando prejuízos de US$ 30 bilhões.

Piñera desembarcou em Buenos Aires por volta das 10h30 e foi recebido pelo chanceler Jorge Taiana. O encontro com Cristina estava marcado para as 11h30 (mesmo horário de Brasília), na Casa de Governo.

Esta é a primeira visita oficial internacional do presidente chileno, que tomou posse de seu cargo no dia 11 de março.

Depois da Argentina, Piñera embarca para o Brasil, onde se reunirá nesta sexta-feira com o mandatário Luiz Inácio Lula da Silva e os pré-candidatos à presidência do país Dilma Rousseff e José Serra.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host