UOL Notícias Notícias
 

09/04/2010 - 16h04

Vaticano divulgará em seu site as diretrizes adotadas contra crimes de pedofilia

ANSA
ROMA, 9 ABR (ANSA) - O Vaticano deverá divulgar em breve em seu site as "diretrizes" dos procedimentos canônicos da Santa Sé em relação aos casos de pedofilia. A informação foi confirmada à ANSA pelo porta-voz Federico Lombardi.

O porta-voz da Santa Sé explicou que a informação "provavelmente" estará disponível para consulta na próxima segunda-feira e faz parte da estratégia da transparência adotada pelo Vaticano para enfrentar o escândalo dos crimes supostamente cometido por sacerdotes contra menores de idade.

No site do Vaticano -- que conta com versões em alemão, inglês, espanhol, francês, italiano, latim e português -- haverá uma página dedicada a tais episódios, complementando a publicação da carta pastoral do papa Bento XVI aos católicos da República da Irlanda, divulgada no dia 19 de março.

Segundo Lombardi, os procedimentos canônicos estarão dispostos em uma ficha, que ocupará uma página. A estrutura será concisa, com o objetivo de esclarecer quais são os procedimentos adotados pelos bispos quando surgem denúncias de episódios de violações deste tipo.

Ainda de acordo com Lombardi, não haverá novidades, contudo, o texto será de fácil compreensão e explicará as linhas contidas nos documentos vaticanos, sem fazer amplas explanações sobre o direito canônico e as numerosas citações em latim que o caracterizam.

Os casos

Nos últimos meses, a Igreja Católica tem sido fortemente criticada após vir à tona uma série de denúncias de abusos sexuais cometidos por membros das entidades eclesiásticas contra menores.

Atualmente são investigados supostos casos de pedofilia envolvendo religiosos em diversos países, como Alemanha, África do Sul, Áustria, Brasil, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda e Itália.

Na Irlanda, uma investigação realizada em 2009 apontou que autoridades eclesiásticas encobertaram crimes contra milhares de crianças por várias décadas.

Na mensagem aos irlandeses, Bento XVI expressou a "vergonha" do Vaticano perante os fatos e falou da "gravidade" desse problema, exortando que os envolvidos respondam por seus crimes. No documento, ele ainda anunciava uma série de medidas para retomar a confiança dos crentes dessa nação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host