UOL Notícias Notícias
 

15/04/2010 - 16h43

Paraguai: Colaborador de Lugo é acusado de desvio de verbas

ANSA
ASSUNÇÃO, 15 ABR (ANSA) - O titular da Secretaria de Emergência Nacional (SEN), Camilo Soares, um dos principais colaboradores do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, foi processado hoje por desvio de verbas.

Soares é acusado de um possível superfaturamento na compra de alimentos para programas sociais do governo do país.

A investigação do caso está sendo realizada pelo promotor Arnaldo Giuzzio, que classifica o suposto crime como traição de "confiança".

Depois de receber os documentos coletados por Giuzzio, o juiz Oscar Delgado decidiu abrir o processo em questão, que também envolve outros dois funcionários da SEN.

O caso pode culminar com o afastamento de Soares, já que, em dezembro de 2009, Lugo pediu que "todos os que tivessem problemas com a justiça não têm lugar em um governo institucionalista e democrático".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host