UOL Notícias Notícias
 

15/04/2010 - 20h10

Peruanos queimam bandeira chilena em protesto contra prefeito de Santiago

ANSA
LIMA, 15 ABR (ANSA) - Dezenas de pessoas participaram hoje de um protesto em frente à embaixada chilena em Lima contra o prefeito de Santiago, Pablo Zalaquett, que teria sugerido a deportação dos peruanos que vivem ilegalmente nessa cidade.

O grupo de manifestantes queimou uma bandeira do Chile e utilizou palavras de baixo calão para classificar Zalaquett.

Recentemente, após o terremoto de 27 de fevereiro, o prefeito de Santiago teria sugerido a deportação dos ilegais, acusando-os "de se aproveitarem da solidariedade dos chilenos".

Na última terça-feira, o Comitê de Refugiados Peruanos no Chile exigiu que o suposto pedido fosse retirado.

Zalaquett, por sua vez, negou que tenha feito tal solicitação. Segundo ele, sua demanda tinha como objetivo legalizar os peruanos na capital chilena e não expulsá-los.

O episódio aumenta ainda mais a tensão entre Chile e Peru, que já travam uma disputa no Tribunal Internacional de Justiça, em Haia, devido ao redesenho de seus limites marítimos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host