UOL Notícias Notícias
 

19/04/2010 - 12h28

Arcebispo de Madri diz que pedófilos devem ser punidos perante Deus e os homens

ANSA
MADRI, 19 ABR (ANSA) - O presidente da Conferência Episcopal Espanhola (CEE) e arcebispo de Madri, Antonio Maria Rouco Varela, disse hoje que os sacerdotes e religiosos culpados de pedofilia devem responder a seus crimes diante "de Deus e da justiça humana".

Ao iniciar a XCV Assembleia Plenária da CEE, o cardeal expressou, em nome dos bispos espanhois, dor pelos "graves pecados e crimes cometidos por alguns irmãos no sacerdócio e por alguns religiosos que abusaram de menores, traindo a confiança neles depositada pela Igreja e a sociedade".

Ao dizer que os culpados devem pagar por seus atos, Varela declarou que "ninguém pode pensar que seja compatível o serviço sacerdotal com tais crimes".

O arcebispo de Madri afirmou ainda que "não pode ser aceitável a omissão das devidas medidas disciplinares ou da atenção que merecem aqueles que sofreram". "Já é demais que tenha sido abusada uma só criança", insistiu ele.

Varela também denunciou "as acusações insidiosas divulgadas para desacreditar" os sacerdotes e religiosos em geral e "por extensão o próprio papa" Bento XVI, a quem é assegurado o apoio dos bispos espanhois.

O país europeu é um dos que viram surgir nos últimos tempos denúncias de pedofilia relacionadas a membros do clero. Também há suspeitas na Alemanha, Áustria, Brasil, Estados Unidos, México, Irlanda e Itália, entre outras nações.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host