UOL Notícias Notícias
 

22/04/2010 - 20h16

Deputados chilenos aprovam projeto de lei para reconstruir o país

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 22 ABR (ANSA) - A Câmara dos Deputados chilena aprovou hoje um projeto de lei do presidente Sebastián Piñera que facilita as doações para a reconstrução das áreas destruídas pelo terremoto de 27 de fevereiro.

A iniciativa, que foi aprovada por 101 votos e duas abstenções, contou com o apoio de governistas, parlamentares de diversos setores e também dos opositores, que antes pediram a eliminação de uma proposta que criava um comitê que seria liderado por Piñera.

Agora, o texto segue para o Senado, que deve analisá-lo na primeira semana de maio, após um período de recesso.

A chamada Lei de Doações faz parte do plano lançado por Piñera logo após ter assumido o Executivo do país, em 11 de março passado. O projeto estabelece um fundo destinado às áreas devastadas e estabelece a possibilidade de incentivos tributários a pessoas e empresas que aportem recursos, entre outros pontos.

De acordo com o governo, o país teria registrado perdas de cerca de US$ 30 bilhões com o abalo sísmico de fevereiro, os tsunamis e as consequentes réplicas do primeiro tremor, que atingiu 8,8 graus na escala Richter e deixou até o momento 486 vítimas fatais identificadas.

Em visita aos Estados Unidos na última semana, Piñera havia solicitado ao Congresso a rápida aprovação da medida. "Precisamos de muita unidade, muito espírito unitário e uma rigorosa, mas construtiva, oposição", disse ele na ocasião.

Ainda na semana passada, o mandatário anunciou que serão destinados ao plano US$ 17,6 bilhões, dos quais US$ 8,4 bilhões serão financiados com novos impostos, para cumprir a proposta de reconstruir o país nos próximos quatro anos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host