UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 09h25

Cardeal diz que Papa é a 'pessoa certa' para combater a pedofilia na Igreja

ANSA
NOVA YORK, 27 ABR (ANSA) - O papa Bento XVI "é a pessoa certa para confrontar" os escândalos de pedofilia da parte de sacerdotes católicos, que "representam uma grande crise para a Igreja", apontou o prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, cardeal William Levada.

Em declarações a um programa de televisão dos Estados Unidos, o religioso afirmou ainda que "ninguém deve tentar diminuir" as dificuldades atuais vividas pela instituição.

Levada comentou que a crise pegou a maior parte da Igreja "de surpresa" e é particularmente grave, porque os padres "são ordenados para serem bons pastores".

"Isto é justamente o contrário do bom pastor, quando crianças são violadas, quando é violada a sua inocência, e eles são muito jovens para responder sozinhos", acrescentou o prelado norte-americano.

De acordo com o programa televisivo, o ex-arcebispo de Portland, no Oregon, e de San Francisco, na Califórnia, deverá fazer frente a cerca de três mil casos de abuso sexual contra menores contando com o apoio de uma equipe de dez pessoas.

Levada assumiu a Congregação para a Doutrina da Fé depois que o cardeal Joseph Ratzinger, então prefeito do dicastério, foi eleito Pontífice em abril de 2005. Ele estava no cargo desde 1981.

Recentemente, denúncias de pedofilia que envolvem membros do clero católico vieram à tona em diversos países, inclusive nos Estados Unidos. Também há casos na Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Chile, Irlanda, Itália e México, entre outros.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host