UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 17h41

Deputado do PT manifesta preocupação sobre situação política do Paraguai

ANSA
BRASÍLIA, 27 ABR (ANSA) - O deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR) expressou hoje a sua "preocupação" com movimentos que pretendem "desestabilizar" o governo do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, fazendo alusão do grupo Exército Popular Paraguaio (EPP).

Em razão de supostas ações da guerrilha, Lugo pediu na semana passada a declaração do Estado de Exceção em cinco departamentos do país: Concepción, Alto Paraguai, Presidente Hayes, San Pedro e Amambay.

A reivindicação do presidente, que entrou em vigor depois de ter sido aprovada, com algumas mudanças, pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, foi uma resposta a quatro mortes supostamente realizadas pelo EPP.

Em declarações à ANSA, o deputado brasileiro opinou que Lugo atuou "corretamente" e de maneira rápida no caso. Além disso, o petista levantou dúvidas sobre a origem do grupo, que se diz de esquerda.

Para ele, se fosse dessa forma, não haveria motivos para o EPP se opor ao governo de Lugo. Assim, Dr. Rosinha questionou se a organização não poderia ter o objetivo de esconder suas raízes "de direita".

Ontem, dois brasileiros foram presos no Paraguai sob a suspeita de terem participado de um atentado contra o senador Robert Acevedo, ocorrido na última segunda-feira.

Ainda segundo o deputado, o caso não deverá afetar as relações diplomáticas entre os dois países.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host