UOL Notícias Notícias
 

03/05/2010 - 09h35

Calderón pede que mexicanos evitem viajar ao Arizona

ANSA
CIDADE DO MÉXICO, 3 MAI (ANSA) - O presidente do México, Felipe Calderón, recomendou aos cidadãos do país que não viajem para o Arizona, ao fazer um alerta contra a lei de imigração recentemente aprovada no estado norte-americano.

"Grifamos a necessidade de se atuar com precaução e de omitir, na medida do possível, a realização de viagens desnecessárias até este estado", disse o mandatário.

O presidente informou que emitiu uma nota de aviso para que "nossos conterrâneos conheçam os alcances da legislação e para evitar que um mexicano possa sofrer uma discriminação ou vexame".

Calderón ratificou que seu governo condena a Lei SB 1070, a qual, segundo ele, viola os direitos humanos e leva à discriminação racial, além de ameaçar os direitos da própria população norte-americana.

"Vemos com satisfação a preocupação que o presidente [Barack] Obama demonstrou em relação a esta equivocada lei", indicou o mexicano, referindo-se a seu homólogo, que já criticou a norma publicamente.

Promulgada na semana passada pela governadora republicana Jan Brewer, a legislação criminaliza a entrada e a permanência de imigrantes sem documentos no estado do Arizona. Também concede à polícia o poder de deter pessoas que despertem dúvida quanto a sua origem.

Durante o último final de semana, foram realizadas várias manifestações nos Estados Unidos contra a lei.

O Senado mexicano enviou uma carta a Obama afirmando ver no governo do mandatário "um aliado para enfrentar conjuntamente medidas injustas que atentam aos direitos humanos dos migrantes".

Na última sexta-feira, os parlamentares anunciaram um plano de ação para protestar durante os próximos 90 dias, que correspondem à vacatio legis (período que decorre entre a publicação da lei e a data em que ela entra em vigor).

Os senadores solicitaram ainda às instâncias federais o cancelamento de eventuais compras do Arizona, assim como de viagens turísticas e de trabalho.

Estima-se que cerca de 460 mil imigrantes ilegais vivam no estado norte-americano, a maioria de origem mexicana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    -0,23
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h46

    -0,15
    75.876,42
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host