UOL Notícias Notícias
 

06/05/2010 - 19h05

Itália: Jornalista é cotado para assumir pasta do Desenvolvimento Econômico

ANSA
ROMA, 6 MAI (ANSA) - O jornalista Paolo Romani, atual vice-ministro das Comunicações da Itália, poderá ser o escolhido para o Ministério do Desenvolvimento Econômico do país, atualmente comandado pelo premier Silvio Berlusconi.

Segundo apurou a ANSA, essa teria sido a recomendação do próprio Berlusconi, que assumiu a pasta ontem interinamente, após o então ministro Claudio Scajola ter renunciado em meio a investigações de suposto envolvimento em crimes de corrupção.

Mais cedo, o primeiro-ministro voltou a afirmar que ficará no ministério provisoriamente. "É uma tarefa limitada no tempo. Uma tarefa, digamos, entre aspas, técnica", enfatizou o chefe de Governo, que conseguiu se encarregar da pasta graças a um decreto-lei aprovado pelo presidente Giorgio Napolitano.

Romani, de 62 anos, já foi diretor de algumas emissoras de TV e deputado entre 1994 a 2008, ano em que foi designado ao Ministério das Comunicações. Além dele, entre as possibilidades consideradas para o posto estaria um especialista da área econômica.

Porém, aparentemente existiria um certo receio de que um técnico não seria capaz de lidar com a gestão da crise política que se instaurou após a suspeita de corrupção em torno do ex-titular da pasta.

Suspeito de ter recebido dinheiro pela negociação de um imóvel localizado em Roma, Scajola teve seu nome envolvido em um inquérito da Procuradoria de Perúgia, centro do país, sobre contratos imobiliários. Ele será interrogado na condição de "pessoa informada sobre os fatos", mas não está entre os investigados.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host