UOL Notícias Notícias
 

12/05/2010 - 17h47

(Entrevista) Antanas Mockus diz ser mais próximo de Serra do que de Dilma

ANSA
Por VITOR LOUREIRO SION

SÃO PAULO, 12 MAI (ANSA) - O candidato presidencial colombiano Antanas Mockus afirmou hoje à ANSA que sua "trajetória política" tem mais semelhanças com a de José Serra (PSDB) do que com a de Dilma Rousseff (PT).

"Serra tem uma trajetória política mais próxima à minha", analisou Mockus, representante do opositor Partido Verde e prefeito da capital Bogotá por duas oportunidades, entre 1995 e 1997 e de 2001 a 2003.

No entanto, ele ressaltou que, caso vença as eleições do próximo dia 30, a Colômbia manterá "excelente relação" com o Brasil, qualquer que seja o sucessor de Luiz Inácio Lula da Silva.

Para Mockus, apesar de Dilma ser uma indicação de Lula, que possui uma popularidade superior a 70%, ainda "temos que esperar para ver como evolui sua campanha e qual será a reação do povo brasileiro".

Na entrevista, ele também salientou que "não se deve subestimar" as possibilidades da candidata do PV brasileiro, Marina Silva. Mockus, tido com um político não tradicional, tem relacionado suas ascensão nas pesquisas de intenção de voto com a realização de campanha em redes sociais como Facebook e Twitter.

Marina, inclusive, chegou a anunciar que iria à Colômbia no próximo dia 20 para conhecer suas estratégias, mas desistiu devido às ameaças de atentado contra o ex-prefeito de Bogotá.

Mockus ainda elogiou a atuação de todos os postulantes em seus cargos anteriores, classificando-os como políticos "respeitáveis".

As declarações de políticos sul-americanos sobre o processo eleitoral de outros países têm sido cada vez frequente, dada a importância que a integração continental assumiu nos debates nacionais.

Em visita recente ao Brasil, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, declarou que seu "coração está com Dilma". O mandatário chileno, Sebastián Piñera, por sua vez, manifestou simpatia com a candidatura de Serra, que esteve exilado nesse país durante a década de 1970.

De acordo com estudo divulgado no último sábado, Mockus está tecnicamente empatado com o postulante governista, do Partido Social da Unidade Nacional, Juan Manuel Santos. Em um eventual segundo turno, o opositor ganharia por 48% a 41% das preferências.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h19

    -0,72
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h26

    1,05
    68.691,00
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host