UOL Notícias Notícias
 

12/05/2010 - 15h36

Papa enfatiza que sacerdotes devem 'fidelidade' e 'lealdade' à vocação

ANSA
FÁTIMA, 12 MAI (ANSA) - O papa Bento XVI, que iniciou na tarde de hoje a segunda etapa de sua viagem apostólica a Portugal, na cidade de Fátima, voltou a falar sobre o papel dos sacerdotes, que devem "fidelidade" e "lealdade" em relação à própria vocação.

"Permitam-me abrir meu coração para dizer que a principal preocupação de cada cristão, especialmente da pessoa consagrada a ministro do Altar, deve ser a fidelidade, a lealdade à própria vocação, como discípulo que quer seguir o Senhor", recordou o Pontífice.

A exortação de Bento XVI para que os religiosos "não traiam" a missão sacerdotal -- feita durante a celebração das Vésperas com sacerdotes, religiosos, seminaristas e diáconos na Igreja da Santíssima Trindade de Fátima -- é anunciada um dia depois de suas fortes declarações sobre os casos de pedofilia denunciados em mais de 20 países e que envolveriam padres e sacerdotes.

Na manhã de ontem, quando se dirigia a Lisboa, Bento XVI afirmou que "o perdão não substitui a justiça" e classificou de "aterrorizante" o "sofrimento" da Igreja. "As maiores perseguições à Igreja não vêm de fora, mas sim dos pecados que estão dentro da própria Igreja", declarou na ocasião.

Em março passado, em uma carta pastoral aos católicos irlandeses, o Papa se disse "envergonhado" pelos episódios de abusos cometidos por religiosos na República da Irlanda. Em Malta, ao se reunir com vítimas de pedofilia no último mês, ele expressou "consternação" e "dor" por aquilo que sofreram.

Hoje, o Pontífice retomou a formação dos sacerdotes em meio ao Ano Sacerdotal, iniciado em 19 de junho de 2009, com duração de 12 meses.

"Neste ano sacerdotal, que está terminando, que desça sobre todos vocês uma graça abundante para que vivam a alegria da consagração e testemunhem a fidelidade sacerdotal proveniente da fidelidade de Cristo", complementou.

Bento XVI iniciou a sua 15ª viagem apostólica internacional em Lisboa, onde, na terça-feira, celebrou uma missa a céu aberto e se reuniu com autoridades locais. Hoje, ao chegar a Fátima, ele visitou a Capelinha das Aparições, onde fez uma oração a Virgem Maria.

Nesta quinta-feira, entre outras atividades, o Pontífice celebrará uma missa pela manhã e se reunirá com bispos portugueses à tarde. A visita ao país europeu terminará na sexta-feira, em Porto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host