UOL Notícias Notícias
 

26/05/2010 - 18h41

Ministro colombiano diz que ha uma conspiração contra o país

ANSA
BOGOTÁ, 26 MAI (ANSA) - O ministro da Defesa da Colômbia, Gabriel Silva, afirmou hoje que há uma "conspiração" contra o seu país e sugeriu que o governo venezuelano esteja envolvido nela.

"Vemos uma conspiração no exterior. Não nos esqueçamos que todas as pessoas que apareceram para agredir a integridade do nosso governo e do presidente foram hóspedes ilustres da Venezuela", declarou.

As afirmações de Silva respondem às denúncias do ex-militar colombiano Juan Carlos Meneses, que relacionou Santiago Uribe, irmão do presidente, Álvaro, com a criação de grupos paramilitares.

Segundo Meneses, a intenção do grupo ultradireitista era assassinar membros de guerrilhas, ladrões e usuários de drogas do povoado de Yarumal, região onde a família de Uribe teria uma fazenda.

As relações diplomáticas entre Bogotá e Caracas estão "congeladas" desde julho de 2009, quando o presidente venezuelano, Hugo Chávez, foi acusado de contrabandear armas para guerrilheiros.

Também hoje, o ministro da Defesa colombiano anunciou que o país enviará militares para o Afeganistão antes do final do mandato de Uribe, no dia 7 de agosto.

De acordo com Silva, o contingente "não será superior a 50 homens" e trabalhará ao lado dos efetivos da Espanha.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host