UOL Notícias Notícias
 

29/05/2010 - 16h58

Colômbia-Eleições: Igreja pede que população vote com base nos direitos humanos

ANSA
BOGOTÁ, 29 MAI (ANSA) - A Igreja Católica colombiana exortou os 30 milhões de cidadãos do país habilitados a comparecer às urnas neste domingo para eleger seu próximo presidente, a ter como prioridade de escolha o respeito aos direitos humanos.

De acordo com a Rádio Caracol, o presidente da Conferência Episcopal da Colômbia (CEC), Rubén Salazar, afirmou que o voto também é um dever em relação à sociedade.

"Quem é o mais apto? Aquela pessoa que dentro de seus programas tem como prioritária a defesa da dignidade humana e a proteção e defesa dos direitos humanos", assinalou o religioso.

Salazar indicou que neste domingo, cada colombiano deve se sentir plenamente responsável pela pátria e ter estudado propostas e projetos, sem se deixar comprar.

"Convido-os, em nome da Igreja Católica, a votar com consciência", declarou o líder dos bispos. "Elejamos com liberdade e responsabilidade", continuou ele.

O tratamento dispensado aos direitos humanos é uma das grandes críticas que organismos internacionais dirigem ao atual presidente do país, Álvaro Uribe, que se despede do Executivo após duas gestões consecutivas.

O mandatário apoia seu ex-ministro da Defesa, Juan Manuel Santos, tecnicamente empatado na liderança das pesquisas com o ex-prefeito de Bogotá e candidato pelo Partido Verde, Antanas Mockus.

Na jornada eleitoral de amanhã, as urnas serão abertas às 8h e fechadas às 16h (10h e 18h, respectivamente, no horário de Brasília). Além da votação nos 1.102 municípios, os colombianos poderão sufragar em outros 60 países. Os primeiros resultados estão previstos para as 19h locais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h29

    -0,79
    3,153
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h32

    1,07
    68.704,98
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host