UOL Notícias Notícias
 

31/05/2010 - 18h48

Com políticas públicas, Uruguai registra queda no número de fumantes

ANSA
MONTEVIDÉU, 31 MAI (ANSA) - Cerca de 130 mil pessoas deixaram de fumar nos últimos anos no Uruguai devido às medidas adotadas pelo governo desde 2006, anunciou hoje o diretor do Programa Nacional para o Controle de Tabaco, Winston Abascal.

"Nos últimos anos, alcançamos a cifra de 130 mil uruguaios que abandonaram o consumo de tabaco. Isso significa que tivemos uma diminuição de 25%. Essa é uma cifra assombrosa para qualquer país", comentou Abascal, apresentando os dados na celebração do Dia Mundial Sem Tabaco.

De acordo com o diretor, as políticas implementadas pelo então presidente Tabaré Vázquez, que governou o país de 2005 a 2010, conseguiu que o número de "entradas em hospitais por infarto de miocárdio diminuísse 17% nos últimos anos".

"Isso explica que a cada anos não temos os 400 infartos que teríamos se as coisas não tivessem mudado", destacou Abascal, ressaltando os bons resultados das políticas governamentais.

No Uruguai, cerca de cinco mil pessoas morrem todos os anos em decorrência do consumo do tabaco. Em sua gestão, Vázquez, que é médico oncologista, proibiu o fumo em ambientes fechados, medida seguida posteriormente por restrições à publicidade de cigarro e pelo aumento dos impostos sobre o produto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h39

    -0,21
    3,272
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host