UOL Notícias Notícias
 

07/06/2010 - 13h03

Assembleia da OEA nega incluir readmissão de Honduras em agenda

ANSA
LIMA, 7 JUN (ANSA) - A 40ª Assembleia Geral da Organização de Estados Americanos (OEA) rechaçou o pedido de incluir a readmissão de Honduras ao organismo em sua agenda, aprovada na manhã de hoje, pois o caso será discutido em encontros informais.

A proposta havia sido formulada por Nicarágua e Guatemala, tendo recebido o respaldo da Venezuela.

A ministra das Relações Exteriores do México, Patricia Espinosa, assegurou que "não nos parecia conveniente abrir um debate" sobre o tema, devido ao fato de que "vamos coordenar os chanceleres" em reuniões não agendadas.

O chefe da diplomacia do Peru e anfitrião do evento, José Antonio García Belaunde, preside os trabalhos.

Estima-se que apesar de Honduras não ser o principal assunto do encontro, boa parte da cúpula dê destaque ao golpe de Estado de junho de 2009, que retirou o então presidente Manuel Zelaya do poder.

A nação centro-americana foi suspensa da OEA logo depois da instalação do governo de facto que substituiu o mandatário.

De acordo com a imprensa local, na abertura da assembleia, ocorrida ontem, o secretário-geral da entidade, José Miguel Insulza, afirmou que "todos" estavam de acordo sobre a conveniência da volta de Honduras ao organismo, e que "a única diferença" é que alguns esperam que isso seja feito logo, enquanto outros acreditam "necessário exigir condições adicionais".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h40

    -0,08
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host