UOL Notícias Notícias
 

08/06/2010 - 18h01

Venezuela: Vice-chanceler critica posição dos EUA sobre Honduras

ANSA
LIMA, 8 JUN (ANSA) - O vice-chanceler venezuelano para a América Latina e Caribe, Francisco Arias Cárdenas, criticou hoje a postura dos Estados Unidos quanto à reincorporação total de Honduras na Organização dos Estados Americanos (OEA).

Em entrevista à ANSA, Arias Cárdenas declarou que ficou "frio", quando a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, pediu que a entidade deveria "ouvir a outra parte", em referência ao presidente hondurenho, Porfirio Lobo.

O governo de Lobo ainda não é reconhecido por parte da comunidade internacional por ter sido eleito em um pleito ocorrido durante o regime de facto que se consolidou após a destituição do então presidente, Manuel Zelaya, em junho de 2009.

"A Venezuela rechaça qualquer golpe de Estado", declarou Arias Cárdenas, que ainda se disse preocupado com a "cara de pau de alguns para certas coisas. Há uma dupla moral".

O diplomata também questionou o elevado valor utilizado pelos Estados Unidos na compra de equipamentos militares. De acordo com dados apresentados na 40ª Assembleia Geral da OEA, que termina hoje no Peru, os norte-americanos são responsáveis por 43% do gastos mundiais nesse quesito.

Ainda segundo Arias Cárdenas, a Venezuela se viu obrigada a aumentar o orçamento direcionado ao setor para reforçar a segurança na fronteira com a Colômbia, depois que esta nação concretizou um acordo militar com Washington, em outubro passado, que permite a presença de militares dos EUA em bases do país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host