UOL Notícias Notícias
 

09/06/2010 - 20h05

Hillary diz que resultado das eleições não afetará relações entre Colômbia e EUA

ANSA
BOGOTÁ, 9 JUN (ANSA) - A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, declarou hoje após reunião com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, que as relações bilaterais não serão afetadas pelo resultado da eleição que definirá o seu sucessor, no próximo dia 20.

"Os Estados Unidos trabalharão de maneira construtiva com qualquer um que seja eleito pelo povo colombiano neste segundo turno", indicou Hillary.

No dia 20 de junho, os colombianos escolherão o sucessor de Uribe entre o governista Juan Manuel Santos e o opositor Antanas Mockus. Nesta quarta-feira, os dois também se reuniram com a norte-americana.

Santos é considerado favorito por ter conquistado 46,5% dos votos no primeiro turno, enquanto Mockus ficou com 21,4%.

A secretária de Estado também indicou que têm "plena confiança que os compromissos atuais terão continuidade no novo governo".

Em outubro de 2009, Colômbia e Estados Unidos assinaram um acordo que prevê o envio de efetivos norte-americanos para bases militares do país sul-americano. O pacto foi muito criticado por diversos países, que o consideraram uma agressão à soberania da região.

Ainda assim, Hillary reiterou hoje seu governo "seguirá sendo um sócio firme da Colômbia em matéria de segurança".

Ainda hoje, a diplomata dos Estados Unidos irá para Barbados, onde terminará seu giro pela América Latina, que teve escalas no Peru e no Equador.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host