UOL Notícias Notícias
 

10/06/2010 - 15h30

Polícia encontra cabeças humanas com mensagens críticas ao governo na Guatemala

ANSA
Na Cidade da Guatemala

Autoridades guatemaltecas encontraram hoje (10) três cabeças humanas em diferentes zonas da capital com mensagens que pedem ao ministro do Interior, Carlos Menocal, que coloque "ordem nos presídios" do país.

De acordo com o porta-voz da polícia, Donald Gonzalez, as cabeças estavam em bolsas plásticas -- uma foi encontrada na entrada principal do Congresso, outra em uma ponte na zona sul e a terceira em frente ao estabelecimento que abriga a Previdência Social. Os cadáveres de duas das vítimas foram localizados em outros pontos da cidade.

Juntos às partes dos corpos havia mensagens com o pedido de "ordem nas penitenciárias e o fim da impunidade". Do contrário, alertavam as mensagens, outras pessoas seriam mortas da mesma forma.

Para analisar a situação, o presidente do país, Álvaro Colom, convocou o seu gabinete de segurança. Entre os participantes do encontro estão membros do Exército.

O episódio ocorre dias após o espanhol Carlos Castresana ter renunciado à direção da Comissão Internacional Contra a Impunidade na Guatemala (CICIG).

"Sinto que já não posso fazer nada mais pela Guatemala, por isso, apresentei minha renúncia ao secretário-geral da ONU", Ban ki-moon, argumentou Castresana na última segunda-feira, explicando ainda que a CICIG tem sido vítima de "ataques sistemáticos" na nação centro-americana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host