UOL Notícias Notícias
 

10/06/2010 - 17h05

Multidão participa de vigília de orações que marca fim do Ano Sacerdotal

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 10 JUN (ANSA) - Quinze mil sacerdotes, provenientes de todo o mundo, se reúnem na Praça São Pedro, onde é realizada uma vigília de orações que marca o fim do Ano Sacerdotal, com a participação do papa Bento XVI.

O evento, que acontece na noite de hoje, continuará amanhã pela manhã, quando será realizada uma missa que prevê uma participação recorde, já que será concelebrada por todos os presentes.

Bento XVI chegará ao local a bordo do Papamóvel e, depois de uma saudação do prefeito da Congregação para o Clero, o brasileiro Dom Claudio Hummes, e a leitura do Evangelho, responderá a algumas dúvidas dos sacerdotes.

A solenidade foi iniciada pelo secretário da Congregação para o Clero, Dom Mauro Piacenza, que reiterou que os sacerdotes devem ser "fiéis ao radical chamado da santidade, que vê na virgindade a pureza, a autêntica doçura e a obediência".

"Acolhamos os frutos deste precioso ano, sabendo que nestes dias a celebração está terminando apenas cronologicamente", complementou.

Iniciado em 19 de junho de 2009, por ocasião dos 150 anos da morte do Santo Cura D'Ars, o Ano Sacerdotal tinha o objetivo de "promover a renovação interior de todos os sacerdotes", além de "um testemunho do Evangelho mais firme e incisivo".

Contudo, o período também se tornou de "reorientações" após as denúncias de casos de pedofilia que teriam sido cometidos no seio da Igreja Católica em diversos países. No último mês, o Papa, ao falar sobre o papel dos sacerdotes, afirmou que estes devem "fidelidade" e "lealdade" em relação à própria vocação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h20

    0,10
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h29

    -0,64
    63.673,51
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host