Copa 2010: Partida entre Itália e Paraguai foi marcada por tumultos no país europeu

FLORENÇA, 15 JUN (ANSA) - Uma italiana foi denunciada por ter incomodado o ex-namorado durante a disputa entre Itália e Paraguai pela Copa do Mundo de 2010, enquanto um idoso foi detido por violar uma medida preventiva, informaram hoje as autoridades locais.

O primeiro caso foi registrado na cidade de Florença, capital da região da Toscana. Segundo as autoridades, a mulher -- inconformada por ter sido abandonada -- insistia em ver e falar com o ex-companheiro.

Na noite de ontem, ela chegou a ir à casa do rapaz, onde foi atendida pela mãe dele, que tentou convencê-la de ir embora. A garota, por outro lado, manteve-se no local, o que fez com que a família chamasse as autoridades. A mulher foi denunciada por assédio.

Já na província de Novara, na região de Piemonte, um homem de 60 anos, que atualmente está sob medida preventiva e deveria permanecer em casa das 21h às 6h locais, decidiu violar a lei e ir ao bar, para assistir à disputa.

"Me afastei para ver a partida da seleção no bar", explicou o homem, que foi detido imediatamente.

Na partida de ontem, estreia da seleção tetracampeã, a Itália conseguiu apenas um empate com o Paraguai, por 1 a 1. No próximo domingo, às 11h (horário de Brasília), a seleção italiana enfrentará a Nova Zelândia na segunda partida pelo grupo F. No encerramento da primeira fase, a adversário é a Eslováquia, no dia 24 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos