Copa 2010: Para presidente do Senado da Itália, time encerrou era de forma 'inglória'

PALERMO, 25 JUN (ANSA) - O presidente do Senado da Itália, Renato Schifani, afirmou que a seleção italiana "encerrou uma era de maneira inglória", ao comentar a eliminação da equipe da Copa do Mundo de 2010.

"Esperamos que, a partir de agora, inicie uma outra era, com jogadores novos. Precisamos de uma onda de juventude com uma determinação que leve mais ao entusiasmo e menos ao medo de perder", afirmou Schifani.

"Ontem os nossos jogadores entraram em campo psicologicamente com medo de perder", comentou o parlamentar.

A Itália jogou nesta quinta-feira contra a Eslováquia em busca da classificação para as oitavas de final da Copa, mas foi derrotada por 3 a 2, placar que a levou à desclassificação.

Atual campeã da competição, a seleção voltou para casa após fazer uma primeira fase sem nenhuma vitória, ficando em último lugar do Grupo F, com sua pior campanha em um Mundial. Nas demais partidas, a equipe empatou em 1 a 1 com o Paraguai e com a Nova Zelândia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos