UOL Notícias Notícias
 
03/07/2010 - 17h55 / Atualizada 03/07/2010 - 19h35

México-Eleições: Diretórios de partido da oposição são alvos de atentados

ANSA
CIDADE DO MÉXICO, 3 JUL (ANSA) - Pelo menos dois coquetéis molotov foram lançados na madrugada de hoje contra o diretório da campanha do candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI, de centro) para o governo de Sinaloa, a um dia das eleições.

Porta-vozes do candidato do PRI, Jesús Vizcarra, confirmaram as explosões das bombas caseiras -- comumente feitas com garrafa e gasolina --, que deixaram alguns prejuízos materiais.

De acordo com dados oficiais, o ataque ocorreu por volta das 2h locais (4h no horário de Brasília) em uma populosa zona de Culiacán, capital de Sinaloa.

Há cerca de duas semanas, sedes do Partido Ação Nacional (PAN, governista) e do Partido da Revolução Democrática (PRD, de esquerda) também foram alvos de atentados similares. As instalações tiveram alguns danos em janelas, moveis e materiais de campanha.

As eleições deste domingo -- que renovarão congressos, prefeituras de 14 estados, além de 12 governadores -- ocorrem em um clima de forte insegurança.

Nos últimos dias, diversos crimes foram cometidos em alguns pontos do país. Uma das vítimas dessas ações foi Rodolfo Torre Cantú, candidato do PRI ao governo de Tamaulipas e que foi pego em uma emboscada na última segunda-feira.

Para analistas, essa e outras execuções teriam o objetivo de demonstrar o poder político adquirido pelos cartéis do país. Tamaulipas, assim como Sinaloa, é considerado um dos narcoestados mexicanos, marcados pelo controle do tráfico de drogas e alto índice de violência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host