UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 09h00

Argentina e Uruguai completam um mês de fim de bloqueio de ponte bilateral

ANSA
MONTEVIDÉU, 19 JUL (ANSA) - A cidade uruguaia de Fray Bentos e a argentina Gualeguaychú completam hoje um mês do fim do bloqueio da ponte entre ambos municípios, mantido por quase quatro anos em protesto contra a instalação de uma fábrica de pasta de celulose na região.

No mês passado, comerciantes das duas localidades se encontraram no lado uruguaio da fronteira para impulsionar as relações, e voltaram a se reunir nos dias seguintes na parte argentina, a fim de abordar uma agenda que incluísse o desenvolvimento de atividades culturais, esportivas e turísticas.

O bloqueio da ponte internacional General San Martín foi promovido por ambientalistas argentinos contra a indústria UPM, ex-Botnia -- instalada em Fray Bentos e acusada de poluir a região da fronteira bilateral, dividida pelo Rio Uruguai.

O conflito em relação à fábrica levou a Argentina a encaminhar uma demanda junto à Corte Internacional de Justiça, em Haia. No mês de abril, o tribunal se pronunciou sobre o caso, confirmando que o Uruguai havia desrespeitado o Tratado do Rio Uruguai ao autorizar de forma unilateral a construção da indústria, mas refutando as acusações de contaminação.

Atualmente, os governos dos dois países negociam as condições para o monitoramento conjunto do rio, tal como recomendou a Corte de Haia em seu veredicto, que é inapelável.

Segundo informou ontem a presidência argentina, os chanceleres do país, Héctor Timerman, e do Uruguai, Luis Almagro, vão se reunir nesta semana em um lugar ainda não determinado para alcançar um acordo relacionado ao controle conjunto.

Timerman entregou a Almagro em 29 de junho, em Montevidéu, uma proposta de monitoramento, que foi respondida pelo ministro de José Mujica em 5 de julho, em Buenos Aires -- e cujo conteúdo não foi divulgado.

O bloqueio da ponte, que não foi citado na sentença de Haia, foi levantado no dia 19 do mês passado por 60 dias. A decisão de interrompê-lo, tomada pela Assembleia Ambiental de Gualeguaychú, visava facilitar as negociações entre os governos das duas nações sobre o controle conjunto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host