UOL Notícias Notícias
 
25/07/2010 - 16h57

Uribe atribui a 'porta-vozes do terrorismo' denúncias de violação aos direitos humanos

ANSA
BOGOTÁ, 25 JUL (ANSA) - O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, rechaçou hoje novas acusações de violações aos direitos humanos contra militares de seu país, inclusive denúncias de assassinatos e criação de valas comuns, atribuindo-as a "porta-vozes" de guerrilhas.

"O terrorismo, nessa combinação de formas de luta, através de alguns porta-vozes propõe a paz, através de outros vem aqui a La Macarena buscar como desacreditar a Força Pública e com a acusação de violação dos direitos humanos", disse o presidente.

Uribe se pronunciou ao visitar o Forte Militar de La Macarena, no departamento de Meta, três dias depois que a Venezuela rompeu relações bilaterais ao ser denunciada perante a Organização dos Estados Americanos (OEA) por "tolerar" a presença de guerrilheiros em seu território.

No discurso de hoje, o presidente colombiano não mencionou a quem se referia, mas suas palavras são ditas alguns dias depois da senadora oposicionista Piedad Córdoba ter afirmado que na região, no sul do país, há "massiva violação dos direitos humanos".

Córdoba, junto a congressistas contrários a Uribe, nove deputados do Parlamento Europeu e membros de organizações não governamentais, falou sobre a descoberta de uma fossa comum em La Macarena, na qual teriam sido enterrados milhares de corpos sem identificação. O governo, por sua vez, respondeu que se trata de um cemitério comum.

Ao visitar o forte militar, Uribe manifestou que "agora o terrorismo, e oxalá o país saiba disso, quer construir uma armadilha para frear esta vitória parcial, através da combinação de formas de luta".

"Hoje o terrorismo, através de porta-vozes, está propondo a paz para poder se refrescar e se recuperar para nos prolongar a vitória final", insistiu o mandatário, pedindo "firmeza".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host