UOL Notícias Notícias
 
01/08/2010 - 16h18

Ministro chileno diz ser o momento para resolver tema marítimo com Bolívia

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 1 AGO (ANSA) - O ministro de Defesa do Chile, Jaime Ravinet, afirmou que este "é um grande momento para resolver o tema marítimo com a Bolívia", depois de um trabalho iniciado "há anos" e que "está na etapa de começar a dar frutos".

Em declarações publicadas hoje pelo jornal La Tercera, o titular opinou que o presidente do país vizinho, Evo Morales, fornece garantias de estabilidade em uma negociação que beneficiaria a ambas nações.

"Acredito que fechar acordos agora é uma grande oportunidade, já que o de Morales é o governo com mais estabilidade e apoio popular que tivemos na Bolívia nos últimos 30 anos", assinalou ele.

A nação andina perdeu sua saída para o mar em uma guerra travada com o Chile entre 1879 e 1883. Desde 1962 os dois países não mantêm vínculos diplomáticos, mas em 2006, no início das gestões de Morales e da ex-mandatária chilena Michelle Bachelet, os governos acertaram uma agenda comum de 13 pontos para nortear o diálogo bilateral.

Em linha ao posicionamento de sua chancelaria, Ravinet pediu "explorar soluções factíveis e realistas que possam satisfazer as aspirações bolivianas, mas ao mesmo tempo proteger os interesses chilenos".

Segundo Ravinet, o país pode se beneficiar de um acordo com a Bolívia, tendo acesso a seu mercado e aos recursos naturais, além da condição de ponte com o Brasil.

O ministro também comentou a proposta do ex-comandante-chefe do Exército do país Juan Emilio Cheyre, de reativar o acordo de Charaña -- através do qual o ditador Augusto Pinochet (1973-1990) propôs ao ex-mandatário boliviano Hugo Bánzer (1971-1978) um corredor territorial com saída ao mar ao norte da província de Arica. De acordo com ele, este "é um aporte que necessariamente terá que ser avaliado em sua oportunidade".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host