UOL Notícias Notícias
 
03/08/2010 - 17h19

Peru nega a presença de guerrilheiros das Farc em seu território

ANSA
LIMA, 3 AGO (ANSA) - O chefe do Comando Conjunto das Forças Armadas do Peru, general Francisco Contreras, negou hoje que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) estejam atuando em seu país, como denunciam alguns meios da imprensa.

"Não existe nenhuma presença das Farc dentro do território peruano. Não existe", declarou o chefe militar em entrevista à agência local Andina.

Porém, Contreras admitiu que na região de Caballococha -- no departamento de Loreto, localizada perto da fronteira com a Colômbia e o Brasil -- há presença do narcotráfico.

"Há uma situação de narcotráfico na zona de Caballococha, onde foram detidos o chefe da máfia com outros quatro indivíduos", sustentou, após participar de um encontro sobre a Defesa da América do Sul.

Emissoras locais reportaram na semana passada que a polícia peruana prendeu ao menos quatro colombianos perto da fronteira com a Colômbia. Os detidos seriam "supostos" membros das Farc.

As versões sobre as suspeitas da presença de guerrilheiros colombianos em outros países são frequentes. A denúncia de Bogotá de que Caracas estaria abrigando líderes de guerrilhas, no último mês, motivou o rompimento das relações entre os dois países.

Em março de 2008, as forças colombianas chegaram a bombardear um acampamento das Farc em território equatoriano. A ação deixou 26 mortos, incluindo o então número dois da guerrilha, Raúl Reyes.

O chanceler peruano, José Antonio García Belaúnde, afirmou, por sua vez, que a viagem do presidente Alan García à capital colombiana para assistir à cerimônia de posse do presidente Juan Manuel Santos permitirá "manter e aprofundar" os vínculos entre os dois países.

"Haverá naturalmente um intercâmbio de pontos de vista com o presidente Santos, mas é basicamente uma demonstração da vontade política que temos de manter e aprofundar estes vínculos com a Colômbia", colocou o chefe da diplomacia do Peru.

Juan Manuel Santos assumirá o governo da Colômbia no próximo sábado. Espera-se a presença de diversos líderes da região, entre eles o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h39

    -0,27
    3,267
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h44

    1,35
    62.503,78
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host