UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 17h34

Uruguai receberá auxílio para combater sequestros relâmpagos

ANSA
MONTEVIDÉU, 5 AGO (ANSA) - O governo da Colômbia e organismos internacionais ofereceram ajuda para que o Uruguai combata os casos de sequestros relâmpagos que têm sido registrados no país nos últimos dias.

O ministro uruguaio do Interior, Eduardo Bonomi, admitiu hoje que "a Organização dos Estados Americanos (OEA) ofereceu assistência nesse sentido".

A Organização das Nações Unidas (ONU) também se colocou à disposição de Montevidéu, que tem expressado sua preocupação com o aparecimento desse tipo de crime nas últimas semanas.

Ainda assim, Bonomi indicou que "o Uruguai segue sendo uma exceção na região em termos desses delitos e, por isso, nem a OEA nem a ONU querem que essa situação se deteriore".

Segundo o ministro, os sequestros relâmpagos são "uma modalidade difícil" de combater e classificar, pois ocorrem no Uruguai de forma diferente de outras nações.

Em menos de um mês, sete casos de sequestros relâmpagos foram registrados pela polícia na capital uruguaia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host