UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 10h51

Ex-presidente da Itália recebeu extrema-unção, diz jornal

ANSA
ROMA, 10 AGO (ANSA) - O ex-presidente da Itália Francesco Cossiga, que está internado desde ontem em Roma com problemas respiratórios, recebeu a extrema-unção na noite de ontem, segundo informações reportadas por um jornal local.

O boletim médico divulgado há pouco pelo hospital Gemelli afirmou que as condições do político de 82 anos "são críticas, mas estáveis". A notícia de que Cossiga teria recebido o sacramento católico foi divulgada pelo jornal Corriere della Sera, um dos maiores do país. O estado de saúde do ex-chefe de Estado, que já era delicado, foi agravado a partir do final da tarde desta segunda-feira.

Mais cedo, o ex-presidente havia respondido bem ao tratamento e fora cogitada sua transferência da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para um quarto comum. Uma piora repentina, porém, fez com que a equipe de profissionais precisasse reanimá-lo.

Segundo informações de veículos locais, Cossiga será monitorado e permanecerá sedado pelas próximas 24 ou 48 horas, de forma que os médicos possam definir os prognósticos corretos.

Entre outros cargos públicos, o político foi chefe de Governo e de Estado da Itália entre as décadas de 1970 e 1980, além de ser senador vitalício e presidente emérito da nação europeia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host