UOL Notícias Notícias
 
12/08/2010 - 14h51

Venezuela repudia atentado e expressa apoio a governo da Colômbia

ANSA
CARACAS, 12 AGO (ANSA) - O governo da Venezuela repudiou hoje de forma enérgica a explosão de um carro-bomba em frente à sede da emissora Caracol, localizada no centro de Bogotá, classificando a ação como "um ato terrorista", além de expressar seu apoio ao governo vizinho.

Através de um comunicado, a Chancelaria expressou ainda os votos do presidente Hugo Chávez para que "exista paz nesse país", assim como os desejos "pelo pronto esclarecimento destes lamentáveis fatos".

Ao mesmo tempo, o governo venezuelano -- que restabeleceu na terça-feira passada as relações com a gestão de Juan Manuel Santos, após o rompimento dos vínculos em 22 de julho passado -- ainda enviou seu "apoio e solidariedade" ao "povo e ao governo da Colômbia".

O carro foi detonado às 5h30 locais (7h30 no horário de Brasília), em frente aos estúdios da rádio, próximo também à sede da agência EFE, deixando ao menos nove feridos.

O ataque ocorre há menos de uma semana do novo governo assumir o país. Juan Manuel Santos, ex-ministro da Defesa da gestão anterior, de Álvaro Uribe (2002-2010), tomou posse no último sábado, prometendo ações de paz aos cidadãos colombianos, além de se propor a dialogar com as guerrilhas, desde que estas deponham as armas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h49

    0,29
    3,155
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h56

    -0,06
    68.674,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host