UOL Notícias Notícias
 
17/08/2010 - 08h45

Irã diz que há "complô" internacional contra as relações entre Irã e Brasil

ANSA
TEERÃ, 17 AGO (ANSA) - O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do Irã, Ramin Mehmanparast, afirmou haver um "complô" para arruinar as boas relações entre Brasil e Irã ao comentar a mobilização do Ocidente para salvar Sakineh Mohammadi Ashtiani, condenada à morte por apedrejamento e a quem o governo ofereceu asilo.

"Nenhum país independente pode consentir em interferências em seus negócios internos", respondeu ele ao ser questionado sobre o pedido feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Teerã para libertar a mulher e deixá-la ir ao Brasil.

Parast avaliou que o Ocidente está "inquieto" com a aproximação entre os dois países e a Turquia após a intervenção de Brasília e Ankara ao tentar resolver a disputa internacional sobre o programa nuclear iraniano e sua oposição às sanções aprovadas em junho pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Por isso, "são levantadas certas questões para tentar colocar um país contra o outro", assinalou o porta-voz.

"Se as autoridades brasileiras fossem mais bem informadas, perceberiam que [o caso de Sakineh] é um complô para criar problemas às estreitas relações entre Irã, Brasil e Turquia", apontou.

O ministro dos Direitos Humanos brasileiro, Paulo Vannuchi, fez ontem as críticas mais duras sobre a condenação da iraniana e ao país islâmico, ao classificar o presidente da nação árabe, Mahmoud Ahmadinejad, como "ditador".

"O governo Lula está pressionando diplomaticamente governo iraniano para que permita que ela [Sakineh] venha para o Brasil. E se esse ditador [Ahmadinejad] tiver um mínimo de bom senso, deveria permitir que ela venha morar no Brasil", disse ele à Agência Brasil.

O Itamaraty reagiu com surpresa às críticas de Vannuchi.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h00

    -0,08
    3,264
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h06

    1,79
    63.783,20
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host