UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 11h39

Jornais denunciam plano do governo argentino para 'apoderar-se' da mídia

ANSA
BUENOS AIRES, 24 AGO (ANSA) - Os jornais Clarín e La Nación, os principais acionistas privados da empresa Papel Prensa, voltaram hoje a denunciar as ações do governo da argentina Cristina Kirchner para "apoderar-se" dessa companhia por meio de falsas acusações.

"O objetivo para a cúpula do poder é óbvio: uma nova maneira de ir contra a imprensa independente, neste caso através do controle do seu insumo básico e da tentativa da criminalizar os principais jornais do país", dizem os veículos em uma nota conjunta divulgada nesta terça-feira na capa de ambos, em frequente confronto com o governo.

Intitulado "Uma história inventada para ficar com Papel Prensa", o comunicado afirma que após uma ofensiva de quase um ano, o governo quer, por meio desse plano, "controlar o papel dos jornais" e "controlar o papel significa controlar a informação".

A denúncia em questão refere-se à investigação do governo sobre a compra da fábrica de jornais por parte dos meios de comunicação, ocorrida em 1976, no início da ditadura, que teria sido possível após os donos da Papel Prensa serem torturados.

O relatório das autoridades, com 400 páginas e intitulado "Papel Prensa-A verdade", deve ser entregue à tarde para a presidente e visa justamente cancelar a ação comercial da época do regime militar, que governou até 1983.

Por sua vez, a representante estatal na companhia, Beatriz Paglieri, garante que "o informe apresenta e sistematiza provas irrefutáveis da cumplicidade entre a ditadura e os jornais Clarín, La Nación e La Razón", este último extinto.

Tal acusação foi novamente repudiada pelo Clarín e pelo La Nación, que denunciam que a "falaz investigação sobre a história da companhia" busca "torná-la em um caso de direitos humanos e de crimes de lesa-humanidade", o que é "inconcebível até nas especulações mais maquiavélicas".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h59

    -0,09
    3,143
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h05

    0,29
    68.910,98
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host