PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cortejo fúnebre de Mandela durará 3 dias em Pretória

07/12/2013 13h00

NOVA YORK E JOHANNESBURGO, 7 DEZ (ANSA) - A África do Sul anunciou que fará três dias de cortejo fúnebre com os restos mortais do ex-presidente Nelson Mandela. O ícone da luta contra a segregação racial no país e Prêmio Nobel da Paz de 1993 morreu na última quinta-feira (5), aos 95 anos de idade. O cortejo ocorrerá sempre às manhãs de quarta, quinta e sexta-feira da semana que vem, na cidade de Pretória. O corpo também será exposto na sede do governo. As autoridades ainda estudam a possibilidade de permitir o acesso do público à capela da sede do governo. Caso isso ocorra, todos terão de chegar ao local com ônibus especiais e será proibido o uso de máquinas fotográficas e câmeras filmadoras.   

O enterro está previsto para o dia 15 de dezembro, na aldeia Qunu, onde Mandela nasceu, e contará com dezenas de chefes de Estado, líderes internacionais e personalidades mundiais de diversos setores. Ao longo dos 10 dias de luto decretados pelo governo, será organizada uma série de homenagens a Mandela, como uma cerimônia no estádio Soccer City, em Soweto. O local pode receber até 90 mil pessoas. Os eventos têm sido considerados uma "prova de fogo" para as autoridades sul-africanas, que deverão organizá-lo com o máximo de segurança. O Exército sul-africano já está adotando medidas preventivas.   

Uma delas foi a convocação de mais soldados, inclusive reservistas, para operarem na logística do funeral de Mandela. Os ex-presidentes norte-americanos Bill Clinton e George W.Bush viajarão com o mandatário Barack Obama na semana que vem para acompanhar o funeral de Mandela na África do Sul. Também devem comparecer à cerimônia as esposas dos ex-líderes. Ontem, o Empire State Building, em Nova York, acendeu luzes das cores da bandeira da África do Sul para homenagem Mandela.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional