PUBLICIDADE
Topo

Tripulantes de balsa Sewol são julgados na Coreia

10/06/2014 09h43

GWANGJU, 10 JUN (ANSA) - Começou nesta terça-feira (10) o julgamento contra a tripulação da balsa Sewol, que naufragou em abril na Coreia do Sul, provocando a morte de mais de 300 pessoas, a maioria jovens estudantes que estavam em uma excursão.   

O julgamento está sendo realizando em Gwangju, em grande clima de tensão. Familiares das vítimas, assim como pessoas indignadas pelo acidente -- que causou comoção em toda a Coreia do Sul --, estão acompanhando a sessão. Até o momento, nenhum advogado quis assumir a defesa dos acusados. Assim, a corte teve que indicar seis jovens profissionais para defender a causa. O comandante Lee Joon-Seok e outros três oficiais são acusados de homicídio por negligência e podem pegar pena de morte. Outros 11 membros da tripulação estão sendo acusados de crimes menos graves. A balsa transportava mais de 400 pessoas, entre elas 325 estudantes que participavam de uma viagem escolar. O naufrágio ocorreu em 16 de abril, na costa sul-coreana. A tripulação da Sewol é acusada de abandonar a embarcação durante o acidente.   

Câmeras filmaram o capitão Lee fugindo para os barcos da guarda costeira, o que irritou a população do país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional