Topo

Em um mês, bombardeios dos EUA mataram 553 na Síria

23/10/2014 07h54

BEIRUTE, 23 OUT (ANSA) - Os ataques aéreos da Coalizão Internacional liderada pelos Estados Unidos matou 553 pessoas em um mês, na Síria. A informação é do Observatório Sírio dos Direitos Humanos. Segundo a ONG, das vítimas, 464 eram extremistas do Estado Islâmico (EI, ex-Isis), outros 57 faziam parte da al-Nusra (grupo jihadista ligado à Al-Qaeda e contrário ao governo do presidente Bashar al-Assad).   

No entanto, a ONG afirma que os ataques também mataram 32 civis, entre eles, seis crianças e cinco mulheres. Os ataques dos EUA e seus aliados, primeiramente países árabes, como Arábia Saudita, Bahrein e Emirados Árabes, contra o EI, começaram no dia 23 de setembro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Internacional