Com várias homenagens, morte de Pino Daniele completa 1 ano

SÃO PAULO, 4 JAN (ANSA) - Flash mobs, mostras fotográficas, visitas guiadas, eventos musicais, tributos e iniciativas editorias e uma grande espera para a inauguração de uma ala permanente em um museu dedicada somente ao astro Pino Daniele em março deste ano. Esta segunda-feira, dia 4, está sendo marcada por dezenas de homenagens a um dos cantores italianos mais queridos e que mais deixaram saudades em 2015.   


Há exatamente um ano da inesperada morte do napolitano, que ocorreu devido a uma "deterioração da sua função cardíaca" no dia 4 de janeiro do ano passado, sua presença em Nápoles é mais forte que nunca.   


E os eventos relacionados ao músico não ocorrem apenas no aniversário de um ano de sua morte. Sua memória foi lembrada no show de Réveillon da Piazza del Plebiscito, em Nápoles, que contou com a emocionante presença do irmão de Daniele, o também cantor Nello.   


No entanto, antes mesmo do fim de 2015, o artista já havia sido consagrado através das homenagens feitas por grandes nomes, como Jovanotti, Eros Ramazzotti e Vasco Rossi, em seus concertos durante o verão europeu. E as comemorações ao músico ainda continuarão neste e nos próximos anos graças a criação da "Fondazione Pino Daniele Trust Onlus", instituição sem fins lucrativos desenvolvida por amigos e familiares que tem como objetivo promover iniciativas culturais, sociais e musicais.   


Entre as principais metas da organização está a inauguração de uma "instalação em museu permanente" chamada "Pino Daniele Alive", fruto do acordo com a Fondazione Mediterraneo, hospedada no Museo della Pace, em Nápoles.   


Pino Daniele morreu aos 59 anos. O músico estava em sua casa na cidade de Grosseto com sua esposa, Amanda Bonini, quando pediu para ser levado ao seu cardiologista. Segundo os médicos responsáveis pela autópsia do artista, uma "perda de energia do coração" provocou um edema que custou a vida do cantor.   


Considerado um dos nomes mais populares do universo musical italiano, Daniele foi velado em Roma e em sua cidade natal, em celebrações que reuniram mais de 100 mil pessoas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos