Inflação na Itália será a menor desde 1959, estima Istat

ROMA E BRUXELAS, 05 JAN (ANSA) - A taxa de inflação em 2015 ficou em 0,1% e atingiu o menor nível desde 1959, revelaram os dados preliminares do Instituto de Estatísticas Italiano (Istat) divulgados nesta terça-feira (05).   

É o terceiro ano consecutivo de índices mínimos de inflação e o número preocupa o país que está começando a sair da crise dos últimos oito anos. Para dezembro, a estimativa do Istat é que o dado seja igual ao de novembro e fique em 0,1%.   

Por setor, os números mostraram grandes contradições: enquanto o preço dos serviços recreativos e culturais aumentou 0,9% e do setor alimentar teve alta de 2,2%, os valores dos bens energéticos não regulamentados teve queda de -8,8% e os relacionados aos transportes apresentaram diminuição de 1,7%.   

- Inflação na Europa: Já a taxa de inflação na zona do euro ficou estável em 0,2% em dezembro na comparação com o mês de novembro, informou o Eurostat em estimativa.   

Analisando os componentes principais que determinaram o índice, os alimentos, as bebidas alcoólicas e cigarro tiveram as taxas mais elevadas em dezembro (1,2%). Os serviços e os bens industriais não energéticos tiveram uma subida de 1,1% e de 0,5%, respectivamente. Já a energia teve a maior deflação, de -5,9%. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos