Um ano após massacre, homem ataca sede policial em Paris

PARIS, 7 JAN (ANSA) - Um comissariado da polícia de Paris localizado no 18º arrondissement foi atacado nesta quinta-feira (7), no dia em que a França relembra o aniversário de um ano do massacre contra o jornal satírico "Charlie Hebdo".   

De acordo com a imprensa francesa, foram ouvidos tiros na região próxima ao local e o homem que estaria atacando o posto de polícia teria sido morto por agentes.   

A emissora de televisão La Telé informou que um homem teria entrado no comissariado do bairro de Goutte d'Or com uma faca e teria sido morto a tiros pela polícia. Já a rádio France Info disse que o homem portava um cinto de explosivos. Ele teria gritado "Allah Akbar", que em árabe significa "Allah é grande". Nenhuma das informações ainda foi confirmada oficialmente. O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, está se dirigindo ao local do ataque.   

O incidente, ocorre momentos depois do presidente francês, François Hollande, fazer um discurso citando o aniversário do massacre ao Charlie Hebdo. "O terrorismo não deixou de ser país uma ameaça assustadora", disse Hollande durante a cerimônia de início de ano das forças de ordem da França. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos