Para novo ministro venezuelano, inflação não existe

CARACAS, 8 JAN (ANSA) - Para lidar com os maiores índices de inflação do mundo, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, tomou mais uma medida polêmica. Ele escolheu como novo ministro de Economia um sociólogo da linha dura chavista, Luis Salas Rodríguez, que diz não acreditar que inflação exista "no mundo real".   

"Enfrentamos uma nova emergência econômica e nos próximos dias apresentarei um plano de resgate", disse o presidente ao anunciar o novo chefe da pasta.   

Salas, de 39 anos, é professor de Economia Política na Universidad Bolivariana de Venezuela, fundada pelo ex-presidente Hugo Chávez, morto em 2013.   

Ele acredita que empresários e opositores lançaram uma guerra econômica contra o chavismo, o que levou o país a atual crise econômica. Salas já disse anteriormente ser a favor de diversas medidas controversas do governo de Nicolás Maduro, como o controle preços. A Venezuela sofre com uma inflação galopante (a maior da América Latina), acompanhada de uma crise produtiva, problemas de distribuição de produtos de primeira necessidade, mercado golpeado por medidas de restrição e regulamentação. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos