França homenageia policial vítima de terrorismo

PARIS, 9 JAN (ANSA) - A França prestou uma homenagem neste sábado (9) à agente de polícia Clarissa Jean-Philippe, morta há exatamente um ano pelo extremista islâmico Amedy Coulibaly, em Montrouge. O presidente francês, François Hollande, ao lado da ministra da Justiça, Christiane Taubira, e da ministra para os Territórios Além Mar, George Pau-Langevin, visitaram Montrouge para inaugurar uma placa em homenagem à vítima. "Clarissa Jean Philippe, vítima de terrorismo no cumprimento de seu dever", diz a placa. Durante a cerimônia, foi depositada uma coroa de flores no local, com um minuto de silêncio. A banda da polícia municipal executou o hino francês, La Marseillaise. A agente tinha 26 anos e foi morta no dia 8 de janeiro de 2015 por Amedy Coulibaly, que assassinou outras quatro pessoas, no dia 9, em um supermercado judaico em Paris. O extremista foi morto pela política após o ataque, que ocorreu na mesma semana em que os irmãos Said e Chérif Kouachi abriram fogo contra a sede do jornal satírico "Charlie Hedbo", deixando 12 vítimas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos