Separatistas chegam a acordo para governar Catalunha

MADRI, 11 JAN (ANSA) - Os partidos independentistas da Catalunha chegaram a um acordo para formar um novo governo regional, substituindo o atual presidente Artur Mas pelo prefeito de Girona, Carles Puigdemont.   

O nome de Mas, da lista "Juntos pelo Sim", a mais votada nas eleições regionais de setembro passado, enfrentava a resistência da frente separatista e anticapitalismo Candidatura de Unidade Popular (CUP), crucial para que a primeira alcance a maioria no Parlamento catalão.   

Para manter o sonho de independência de pé e finalmente estabelecer um novo governo, os dois grupos, após meses de impasse, decidiram se unir em torno de Puigdemont, que foi escolhido para suceder Mas na presidência da Catalunha.   

Em seu discurso de posse, o agora ex-prefeito de Girona prometeu seguir adiante com o processo para que a região autônoma obtenha sua independência da Espanha dentro de 18 meses, como prevê uma moção separatista aprovada em novembro de 2015. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos