Roma demite Rudi Garcia e deve anunciar Spalletti

ROMA, 13 JAN (ANSA) - A Roma confirmou oficialmente nesta quarta-feira (13) que o técnico francês Rudi Garcia, questionado pela torcida havia meses, não continuará no comando da equipe.   


Por meio de um comunicado, o presidente do clube giallorosso, James Pallotta, agradeceu ao treinador pelo trabalho desenvolvido, mas disse que era hora de levar novos ares ao time. "Juntos vivemos momentos positivos, mas acreditamos que este é o momento certo para mudar", declarou.   


Garcia estava no cargo desde junho de 2013 e tinha contrato até 2018. Como técnico da Roma, não conquistou nenhum título, porém foi duas vezes vice-campeão italiano e levou a equipe da capital de volta à Liga dos Campeões da Europa.   


Na temporada 2015/16, o clube ocupa apenas a quinta posição na Série A, com sete pontos a menos que o líder Napoli. Na Champions, tem pela frente um difícil duelo com o Real Madrid pelas oitavas de final, mas se classificou como o pior segundo colocado na fase de grupos e sofreu uma sonora goleada de 6 a 1 para o Barcelona.   


Seu substituto deve ser o italiano Luciano Spalletti, que já passou pela Roma entre 2005 e 2009, quando venceu duas Copas da Itália e uma Supercopa Italiana. Em seguida, passou cinco anos no Zenit, da Rússia, mas deixou o time em março de 2014. No clube giallorosso, ele terá um contrato de 18 meses, totalizando 3 milhões de euros em salários.   


Spalletti já viajou a Miami para acertar os últimos detalhes com Pallotta, e falta apenas o comunicado oficial para que ele inicie sua segunda experiência como técnico romanista. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos