Putin sabia de esquema de doping de atletas,afirma relatório

SÃO PAULO, 14 JAN (ANSA) - Informações contidas no relatório sobre os casos de doping dos atletas russos apontam que o presidente do país, Vladimir Putin, sabia do esquema irregular, informou a agência de notícias Associated Press (AP) nesta quinta-feira (14).   


Segundo o documento produzido por uma comissão independente contratada pela Agência Mundial Antidoping (Wada), a gestão na Federação Internacional de Atletismo (IAAF) era tão fraudulenta que era impossível que os mais altos dirigentes da entidade, como o presidente, Laimine Diack, não soubessem do esquema fraudulento nos exames.   


"As informações são muito claras e demonstram que a corrupção partia dos responsáveis pela IAAF, do presidente Lamine. Certos indivíduos no interior da IAAF foram além da corrupção esportiva e podemos dizer que houve uma corrupção criminosa. E isso demonstra que esse não é mais o momento de negar, mas sim de fazer reformas", disse um dos membros da comissão, Richard McLaren.   


A AP informou que o relatório mostra que Diack entrou em contato com Putin por "uma situação difícil" que enfrentava, às vésperas do Mundial de Moscou de 2013. Suspeita-se que os casos de doping estavam muito notáveis e havia provas contra os atletas. Nenhum dos esportistas, agora ligados ao escândalo, competiu na capital russa, mas eles também não foram investigados pela IAAF.   


A entidade não quis determinar, no entanto, quando a suspensão contra a Rússia será revogada. Até o momento, nenhum atleta do país pode competir em eventos internacionais ou nacionais chancelados pela IAAF. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos